fbpx

5 mitos ou verdades sobre
o mundo das startups

“O mais importante é ter uma boa idéia”, “sem dinheiro você nunca vai conseguir”, “não há concorrência”, “quem trabalha em startups só se diverte”.

Essas são algumas das inúmeras frases que são ditas diariamente quando o assunto é startups. O mundo do ecossistema está sempre rodeado de muitas questões que envolvem mitos e histórias, alguns desses pontos podem até ser verdadeiros, mas temos que nos atentar que muitos não passam de lendas, por isso devemos focar  sempre no que realmente podemos acreditar. 

Para te ajudar nessa missão,, fizemos a seleção de 5 mitos ou verdades e mudar um pouco algumas ideais que a maioria das pessoas possuem:

1.A bolha das startups está próxima – MENTIRA

Muitos acham que o mundo das startups está chegando ao fim e que estamos nos aproximando cada vez mais de uma saturação dessas empresas, como ocorreu nos anos 2000, com a bolha da internet, quando houve valorizações altíssimas e as empresas de tecnologia não conseguiram segurar o seu modelo de negócio, fazendo com que muita delas quebrassem por consequência. 

A questão aqui é que o mundo das startups é diferente e as empresas surgem através de necessidades encontradas no nosso dia a dia, ou seja, não é algo temporal e sim um preenchimento de uma necessidade do mercado. 

Prova disso, é que ano após ano o número de unicórnios brasileiros só aumenta e os investimentos nessas empresas crescem vertiginosamente, chegando a casa dos bilhões de reais. Inclusive, caso queira saber mais sobre este mercado, você pode acompanhar os números de investimentos e demais fatores importantes das startups nos nossos estudos, como o  Mapeamento de Comunidade que fizemos por região no final de 2020.

2.Não importa o tamanho da sua startup, quem não inova fica pelo caminho – VERDADE

Como já dito anteriormente, muitas startups surgiram através da necessidade do mercado em ter algo que facilite a vida dos seus consumidores, ou da escassez de algo que não estava sendo entregue naquele exato momento. 

Muitas empresas gigantes acabaram vendo os seus resultados se diluindo com o passar do tempo por não terem ficado atentas às movimentações do mercado. Por exemplo, podemos citar grandes players como Palm, Compaq e Kodak, prova disso é que a o S&P 500 deve substituir 50% das maiores empresas dos EUA nos próximos 10 anos.

As startups não ficam atrás disso, muitas delas acabam não sobrevivendo por estarem estagnadas na sua solução original, a ponto de não evoluírem com o passar do tempo, e consequentemente sendo substituídas facilmente por outras empresas.

Como o mercado do ecossistema tem um dinamismo único, estar atento sempre a inovação e pensar em melhorar o seu produto/serviço sempre, passar a ser um dos tópicos básicos para você se manter no topo.

3. É necessário ter muito dinheiro para começar – MENTIRA

Existe um pensamento muito comum, não só para startups, mas na hora de empreender em geral, que é imprescindível ter um grande capital para começar sua empresa. No mundo das startups isso não é verdade.

Hoje em dia existem diversos programas gratuitos que focam em auxiliar as startups que estão começando a se estruturarem, com auxílio aos empreendedores em fases como a pós-ideação até a conquista dos primeiros clientes. Uma das empresas que podem ajudar as startups a crescer é a Bossa Nova, a maior Micro Venture Capital da América Latina, que investe em startups desde o estágio pré-seed; empresas B2B e B2B2C com modelos de negócios escaláveis e digitais que estejam operando e faturando. 

Outro meio para conseguir o capital que precisa para acelerar a startup é buscar um investidor-anjo, que irá investir no negócio e também atuará como um conselheiro, orientando e participando das decisões estratégicas da empresa. 

Para seu negócio desenvolver, não esqueça de fazer o seu Business Model Canvas e preparar um ótimo Pitch Deck para a captação de recursos. Está na dúvida por onde começar? A Abstartups possui materiais ricos que podem te auxiliar em cada um desses passos.

4. Ao trabalhar em startups, você terá mais liberdade para executar suas funções – VERDADE

Indo na contramão da maioria das grandes empresas, as startups, em sua grande maioria, possibilitam que os seus colaboradores tenham total liberdade para escolher os projetos que irão trabalhar e a melhor forma de executá-los. 

Ao fazer parte de uma startup, você passa a fazer parte de um ambiente em que será sempre motivado a aprender coisas novas o tempo todo e experimentar novas funcionalidades, métodos e ferramentas que te ajudem na execução do seu trabalho.

 Por se tratar normalmente de empresas com equipes pequenas, os riscos de execução são altos e com isso é necessário rápidas movimentações, sem a necessidade de escalonamento e aprovação, dependendo sempre do problema, é claro. Esse universo das startups e a sua flexibilidade, vem atraindo cada vez mais novos talentos e crescendo muito ano após ano, prova disso é o Brasil ter entrado no ranking dos 20 principais países com as melhores startups do mundo.

5. É preciso ter somente uma boa ideia – MENTIRA

Com uma ótima ideia e com o dinheiro suficiente para executá-la, você já possui a receita do sucesso para o seu negócio dar certo, correto? Claro que não. “Ideias são fáceis. Execução é tudo”, esta é uma famosa frase de um dos maiores investidores do mundo, John Doerr, autor do livro “Avalie o que importa”,  investidor de empresas como Google e Amazon e um dos disseminadores do sistema OKR.

Mas no final o que isso quer dizer? No resumo, o que realmente importa é o modo como você colocará essa ideia em prática e como você vai desenvolver ela com o passar do tempo.

 Ter uma ótima equipe, estar atento a todas as tendências do mercado, aos seus principais stakeholders e estar sempre preparado para mudanças, será um fator muito mais importante para o sucesso do seu negócio do que a sua ideia em si. 

Claro que grandes ideias, se bem executadas, trazem resultados excelentes, afinal o que era o mercado de transportes antes do Uber? Ou o cenário de aluguel de imóveis antes do Airbnb? Só precisamos estar sempre atentos que a idéia não é o único fator decisivo para o sucesso da startup, sua idéia não irá valer nada, se não for bem executada.

E aí, você também acredita em alguns dos mitos que desvendamos neste artigo? Para ficar cada vez mais por dentro do universo das startups, não deixe de acompanhar os conteúdos aqui do blog e nos seguir nas redes sociais.

Se sua startup ainda não é associada, clique aqui para conhecer como a Abstartups pode te ajudar no desenvolvimento do seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *